DIY – Como reutilizar paletes de madeira ?

Lígia Mendes

Olá a todos! Hoje, é dia de mais um DIY da Cátia ! Inspirem-se e partilhem conosco as vossas criações, também!


__________________________________________________________________________

Durante anos, passávamos por elas em supermercados, fábricas, obras, e até mesmo junto dos caixotes dos lixo, e não lhes dávamos importância. No limite, eram usadas para suporte de algo mais pesado ou para dar altura.

O certo é que, há cinco anos, estaríamos longe de adivinhar que as PALETES iriam tornar-se a coqueluche da decoração. Sim, hoje falamos das queridas tábuas de madeira que têm possibilidades infinitas.

Dizem os artigos sobre o tema que esta reutilização das paletes, enquanto mobiliário sustentável, terá tido origem lá nas terras de Vera Cruz, onde em plena crise económica brasileira, as empresas da área destacavam-se por um crescimento nunca visto.

É urgente que todos tenhamos cada vez mais uma consciência ecológica e que saibamos que se não formos céleres , este planeta lindo e azul, deixará de ser um sitio cool para habitar. O desafio é deixar o preconceito de lado e abrir a mente à decoração reciclada e sustentável.

Mesas, sofás, camas, expositores, bancos, jardins verticais… as paletes são oficialmente as rainhas dos espaços que se pretendem sofisticados e elegantes com um toque rústico e artesanal.

A minha primeira experiência com paletes foi o sofá do meu pátio. Quatro paletes fizeram a estrutura, com esponja e tecido nasceram as almofadas. O custo de um sofá destes não excede os 50 euros, mais ou menos euro dependendo da criatividade e do estilo que pretendermos imprimir no design. Para quem tiver menos habilidade com ferramentas, pode criar projetos que não envolvam corte da madeira, pois não é fácil destruir estas resistentes e fortes tábuas de madeira. Lixar e envernizar fica ao critério de cada um, de acordo com o ambiente desejado; podem até colorir as paletes com tinta própria para madeira.

Vamos inspirar-nos ?

Cátia Ferreira


Já espreitou o último post da Cátia de outro projeto DIY ? Vale a pena ler aqui.